Deploy. Updates | 05.02.21

O fim da era Bezos

Após 27 anos, Jeff Bezos deixará a posição de CEO da Amazon. Sua transição de presidente executivo do conselho será feita até o fim do ano e quem assumirá em seu lugar é Andy Jassy, que atualmente dirige a Amazon Web Services.

Formado em engenharia elétrica e ciências da computação, Bezos transformou sua loja online de livros em uma gigante da tecnologia avaliada em US$1,7 trilhão. O site foi lançado em julho de 1995 e, em apenas dois meses, já havia enviado encomendas para todos os estados dos EUA e mais 45 países. Mas desde o início ele sabia que dominar o varejo era um sonho pequeno e, em sua cabeça, a Amazon era uma empresa de tecnologia. Em 2002 é lançada a Amazon Web Services (AWS), inicialmente uma empresa de serviço de dados e estatísticas para sites e hoje uma das principais provedoras de armazenamento na nuvem. Além disso, a Amazon conta com seu próprio serviço de streaming e revolucionou o mercado com o Kindle e a Alexa, sinônimos de livros digitais e assistente virtual, respectivamente.

O bilionário disse que vai continuar envolvido em iniciativas importantes da Amazon, mas que irá se dedicar mais aos seus projetos sociais e ambientes como o Bezos Earth Fund e a empresa espacial Blue Origin, que recentemente fez um voo teste bem sucedido.

Andy Jassy, seu sucessor, está na Amazon desde 1997 e lidera a equipe da Amazon Web Services desde sua fundação em 2003, sendo nomeado CEO da AWS em 2016. Essa escolha reflete a relevância do negócio de armazenamento em nuvem dentro da empresa. Além dos desafios, Andy Jassy herdará uma grande preocupação: as investigações antitruste em curso nos EUA e outros países.

A revolução do rabanete bebê de tutu passeando com um cachorro

A OpenAI, uma das líderes do setor no desenvolvimento de inteligência artificial, divulgou no início do ano os resultados de sua rede neural chamada DALL-E, capaz de criar imagens a partir de legendas de texto. O grande salto vem da capacidade de misturar conceitos relativamente complexos.

A grande questão que preocupa  a sociedade é que os dados usados para treinar esses sistemas de inteligência artificial podem conter vieses sociais que acabam reforçando preconceitos. Isso foi confirmado recentemente no projeto GPT-3, da mesma OpenAI e que é capaz de gerar diversos tipos de gêneros de texto com grande verossimilhança a qualquer um executado por um humano. Um estudo descobriu que o GPT-3 correlacionou a palavra “muçulmano” com “terrorista” em quase um quarto dos testes analisados.

Saiba mais…

Festival inova em formato online

Festivais de música são experiências multissensoriais difíceis de serem traduzidas para uma tela.

O Coquetel Molotov, um dos maiores festivais independentes do Brasil, conseguiu transpor essa barreira e fugir do formato saturado das lives ao propor uma série musical experimental

em sua 17 ° edição. Com uma programação que vai da ciranda de Lia de Itamaracá ao trap de Derek, os artistas se apresentam e dão entrevistas em uma linguagem que deixa a experiência fluida e inovadora para algo tão replicado.

Saiba mais…

Também é bom saber

Facebook bloqueado após golpe em Mianmar

Após abalar a estabilidade do país, junta militar bloqueia a rede social alegando que pessoas estão tentando abalar a estabilidade do país.

Uma professora de dança acabou gravando a chegada dos militares ao parlamento enquanto gravava uma nova coreografia.

Um final explosivo

Veja o lançamento da Starship SN9 da SpaceX, empresa de Elon Musk.

Twitter prestes a pousar no Instagram

O Twitter começou a testar a capacidade de compartilhar tweets nos stories do Instagram como adesivos.

A crise dos chips

Além das montadoras de automóveis, a Sony também tem dificuldade em atender a demanda pelo PS5 em meio a uma escassez mundial de componentes eletrônicos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *